Óleo para estrias【2020】– 21 melhores óleos e como utilizar!

Muito se fala sobre o uso de óleo para estrias como uma forma de tratamento hidratação da pele, e os olhos vegetais, ou seja, extraídos de sementes de plantas e frutas realmente são capazes de proteger a pele contra a perda de líquidos e restabelecer o tecido da pele, reforçando as fibras de colágeno e elastina, que em consequência de seu rompimento podem causar estrias.

Assim, os óleos para estrias entram como uma opção na rotina de tratamentos caseiros e hábitos para hidratar a pele evitando lesões nas fibras de elastina e colágeno e garantindo uma pele sem estrias.

E se você quer aproveitar os benefícios que os óleos podem trazer para cuidado com a pele, reunimos dicas para escolher os melhores óleos, além de maneiras para usá-lo e ter resultados eficientes!

óleo para estrias

 

Melhores opções de óleo para estrias

Quando o assunto são os melhores óleos para combater estrias na fase inicial, como estrias roxas e vermelhas, os óleos de origem vegetal como óleo de semente de uva, de girassol, soja e oliva entram como os preferidos na hidratação da pele e diminuição da inflamação nas lesões. Além desses, há também a referência ao óleo de amêndoas e óleo de rosa mosqueta, que completam a lista dos queridinhos com os cuidados com a pele.

Para entender um pouco mais de óleo para estrias, reunimos uma lista das melhores opções que podem ser utilizadas no combate e prevenção dessas lesões na pele.

  • Óleos essenciais, com resultados evidenciados: Essa lista reúne os melhores óleos essenciais no tratamento e combate as estrias, trazendo resultados evidentes. A lista traz como recomendação óleo de argan, Gotu kola, óleo de rosa mosqueta, óleo de amêndoa amarga, óleo de romã.

melhores óleos essenciais para estrias dicas de óleos essenciais para estrias

  • Óleos essenciais, com resultados mistos: Na lista de óleos essenciais que apresentaram resultados mistos, ou seja, apresentam resultados positivos, mas ainda precisam de mais testes para confirmar a eficácia no tratamento das estrias, entram as opções como óleo de neroli, manteiga de karité, azeite, óleo de coco, óleo de lavanda, e óleo essencial de incenso.

tipos de óleos para estrias

  • Óleos suplementares: Esses nomes óleos costumam ser utilizados na combinação com óleos essenciais para potencializar o tratamento no combate às estrias. A lista de óleos suplementares reúne opções como vitamina E, óleo de patchouli e óleo de laranja amarga.
óleos para potencializar tratamento de estrias
Os óleos suplementares potencializam o tratamento

Como usar óleo para estrias? #dicas

O uso de óleo para estrias pode ocorrer de forma simples, utilizando o óleo como uma espécie de hidratante sobre a pele. Nesse caso, os óleos essenciais puros podem ser muito potentes e causar irritações na pele. Assim, a indicação é de diluí-los em óleos transportadores. A lista de óleos transportadores reúne opções como óleos:

  • de amêndoa doce;
  • de jojoba;
  • de coco;
  • de grainha de uva;
  • de semente de damasco;
  • de gérmen de trigo;
  • azeite.

Para criar a mistura adequada para aplicação na pele, dilua de 5 a 10 gotas de óleo essencial, de sua preferência, em uma colher de sopa de óleo transportador, misture esses óleos e em seguida aplique na pele nas regiões com estrias ou com tendência a essas lesões. A aplicação deve ser feita através de massagens com movimentos circulares, de modo que a pele vá absorvendo o óleo aplicado.

como usar óleo para tratamento de estrias
Para a aplicação direta sobre a pele, o óleo essencial deve ser misturado com óleo transportador

 

Outra maneira de usar óleos na rotina de cuidados com a pele é através da esfoliação, um tratamento caseiro que ajuda no combate as estrias. Para fazer um esfoliante natural de combate as estrias, misture uma xícara de óleo transportador, 10 gotas de óleo essencial, e uma xícara de açúcar cristal ou sal marinho granulado.

Misture esses ingredientes e em seguida aplique sobre a pele seca fazendo a esfoliação. Ao final, enxágue bem a pele e use creme hidratante.

tratamento para estrias com óleo corporal
A esfoliação ajuda na renovação da pele

Existem riscos ou contraindicações?

É bastante comum a indicação de óleo para estrias na gravidez, mas lembre-se que nessa fase é imprescindível que o uso de qualquer cosmético ou tratamento seja com recomendação médica. Assim, antes de iniciar qualquer tratamento com uso de óleos corporais, certifique-se de que o óleo é liberado para gestantes e tenha o aval do médico que está acompanhando a gestação.

óleo corporal para grávidas
As gestantes devem ter liberação médica para o uso de óleos ou outros cosméticos

As mulheres que estão em fase de amamentação também devem ter aval médico para o uso de óleos corporais durante essa fase.

Entre os riscos que o uso de óleos pode trazer, está o fato do uso de óleos essenciais puros, que podem ser muito concentrados e causar reações alérgicas, trazendo sinais como vermelhidão, descamação e coceira. No caso de algum desses sintomas, é ideal suspender o uso do óleo e consultar um médico.

Para evitar esse tipo de reação, o ideal é fazer um teste de alergia antes de incluir o óleo para estrias na rotina. Assim, aplique uma pequena quantidade do óleo na região do pulso ou na dobra do cotovelo e deixe por um período de 24 horas. Caso não haja nenhuma reação alérgica, o óleo pode ser incluído na rotina de cuidados com a pele.

 

Já testou essa técnica para cuidar da pele? Conte-nos qual o seu óleo preferido nos cuidados com pele.

 

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.