Tudo sobre MICROAGULHAMENTO para estrias •【2020】

A evolução das técnicas e tratamentos estéticos para o corpo traz uma série de procedimentos, inclusive procedimento para tratar estrias, como é o caso do microagulhamento para estrias.

O microagulhamento é uma técnica que não se restringe apenas para o tratamento de estrias, mas que também pode ser usado em outras áreas do corpo, como no rosto. Com a evolução desse tratamento, a técnica passou a ser utilizada também no combate às lesões nas fibras de elastina e colágeno, que são responsáveis pela formação de estrias.

E se você quer saber se esse tratamento realmente funciona e mais informações sobre a técnica, no post reunimos tudo o que você precisa saber para cuidar das estrias através dessa técnica.

microagulhamento para estrias

Dúvidas frequentes – FAQ

O que é microagulhamento para estrias?

É provável que você já saiba que o microagulhamento é uma técnica para tratar e suavizar a aparência das estrias, mas o que de fato é esse procedimento?

O procedimento consiste em utilizar de um aparelho com microagulhas sobre as estrias, assim, as agulhas penetram na pele e permitem a melhor absorção no uso de ácidos ou cremes que completam o tratamento.

Em linhas gerais, o tratamento busca a vasodilatação e à estimulação na produção de colágeno, podendo melhorar em até 90% o aspecto das estrias.

o que é microagulhamento para estrias

Como funciona o tratamento?

A técnica consiste em usar microagulhas que deslizam na pele, criando lesões leves para estimular uma melhora na irrigação sanguínea, além de incentivar a formação de novas células e produção de colágeno, garantindo a recuperação das lesões e suavizando as estrias.

Para entender como funciona o microagulhamento para estrias, vamos a um passo a passo de todo o procedimento.

como funciona microagulhamento nas estrias

  • A técnica começa com a desinfecção da pele para diminuir o risco de infecções;
  • Em seguida é aplicado um anestésico no local a ser tratado;
  • Com a pele já anestesiada é iniciado o tratamento com as microagulhas, que podem ser feitas através de um Dermaroller um Dermapen, que são passados na pele em diversos sentidos para penetrar e atingir uma área maior das estrias;
  • Durante a técnica, podem ser utilizada mecanismos para resfriar a pele e diminuir o desconforto durante o tratamento;
  • Nessa etapa o profissional pode utilizar de ácido para um tratamento mais eficaz e profundo, uma vez que o ácido consegue penetrar melhor na pele perfurada pelas microagulhas, ou o profissional pode utilizar uma loção cicatrizante;
  • Para finalizar, o profissional faz a limpeza da pele e indica os cuidados necessários pós procedimento.

Microagulhamento para estrias dói?

Uma pergunta recorrente é em relação a dor causada pelo tratamento, e a resposta é que o microagulhamento para estrias pode sim causar dores.

A técnica consiste em causar pequenas lesões na pele através das agulhas, e isso pode causar um certo incômodo, por isso, o tratamento se inicia como o uso de um anestésico na região a ser tratada, evitando desconforto.

Quantas sessões são necessárias?

A quantidade de sessões pode variar de acordo com o protocolo estabelecido para o tratamento das estrias de cada paciente. Assim, é necessária uma análise prévia para determinar a quantidade de sessões indicadas para cada caso.

Em média, é recomendado de 3 a 5 sessões por paciente, sendo que cada sessão deve ter espaçamento de 3 a 5 semanas.

O resultado pode ficar evidente a partir da primeira sessão, mas como a repetição do tratamento e depois de 3 meses o tratamento fica mais evidente, e o resultado pode ser promissor até mesmo para o tratamento de estrias brancas.

Dermaroller ou dermapen – Qual é melhor?

Uma dúvida bastante comum em relação ao microagulhamento para estrias é em relação ao uso de Dermaroller ou Dermapen, instrumentos diferentes para a realização da técnica.

Para entender melhor sobre esses equipamentos, vamos a uma explicação sobre cada um e em quais situações cada pode ser melhor.

diferença entre dermaroller e dermapen
As fotos mostram imagens de Dermaroller e Dermapen
  • Dermaroller: Esse instrumento é uma espécie de objeto cilíndrico com agulhas que podem ser em aço cirúrgico ou titânio. A aparência do instrumento lembra um rolinho repleto de agulhasm, que é indicado para trabalhar em regiões maiores do corpo, deixando a sessão mais rápida. Assim, há uma série de tamanhos para os rolinhos e agulhas, e para cada situação pode ser necessário um modelo diferente.
  • Dermapen: Esse instrumento é uma espécie de caneta, bem parecido com um demógrafo, e é acoplado a um aparelho, que faz o controle da velocidade, além de permitir alterar os tamanhos das agulhas. A vantagem de usar esse instrumento é o fato de permitir o uso em áreas mais delicadas ou pontuais.

Cuidados antes e depois do tratamento

Como em qualquer outro procedimento estético, há a necessidade de ter cuidados prévios e posterior a realização da técnica. Sendo assim, reunimos uma lista dos principais cuidados antes e depois do procedimento.

 

Antes:

  • Escolher por uma clínica e profissional de confiança;
  • Não estar com a pele bronzeada, com lesão ou queimada;
  • Manter uma rotina de hidratação da pele;
  • Certificar-se de que as agulhas usadas pelo profissional são estéreis e não reaproveitadas;
  • Seguir as indicações do profissional que realizará o procedimento, como o uso de creme clareador durante um período pré tratamento.
cuidados pré e pós microagulhamento de estrias
Siga todas as recomendações e cuidados indicados pelo profissional

Depois:

  • Não usar hidratante e protetor solar por um período de 24 horas após a sessão;
  • Utilizar produtos cicatrizantes indicados pelo profissional que realizou o procedimento;
  • Usar água termal para manter a pele hidratada e aliviar a vermelhidão na área tratada;
  • Evitar a exposição ao sol sem filtro solar na região tratada.

Quanto custa em média? #preço

O preço do tratamento para estrias pode variar bastante, mas em média cada sessão custa por volta de R$ 250,00.

Uma maneira de economizar com o tratamento, é fechando um pacote com uma quantidade de sessões, o que pode deixar o custo total do tratamento mais barato.

Existem riscos ou contraindicações?

A técnica de microagulhamento para estrias é contraindicada para pessoas com tendência à formação de queloides,que estejam tomando remédios que afinam o sangue, ou que estejam passando por tratamento de câncer.

O tratamento também pode não ser indicado para grávidas e lactantes, e nesse caso é indispensável ter aval do médico que a acompanha.

Para evitar riscos, não é indicado usar o equipamento de microagulhamento em casa, uma vez que o procedimento sem acompanhamento de um profissional qualificado, pode causar infecções. Sendo assim, é indispensável fazer o tratamento em uma clínica e por profissionais qualificados.

Fotos antes e depois do microagulhamento para estrias

E se você quer ver se microagulhamento para estrias realmente funciona, reunimos fotos de tratamentos antes e depois da realização da técnica. Assim, é possível ver os resultados para esse tratamento.

tratamento de estrias antes e depois
As fotos mostram o antes e depois do tratamento na região da barriga

resultado de dermaroller para estrias

resultado microagulhamento para estrias
As fotos mostram etapas do tratamento
resultado de tratamento com micro agulhas para estrias
O tratamento na coxa reduziu bastante as estrias
tratamento para estrias resultado
O resultado é bastante positivo
tratamento de estrias com dermaroller
O antes e depois mostra a suavização nas estrias brancas
resultado antes e depois de tratamento para suavizar estrias
O tratamento no braço foi bastante eficaz

tratamento antes e depois de estrias na barriga tratamento para estrias resultados de tratamento dermaroller em estrias

Já testou essa técnica? Se sim, conte-nos o que achou dos resultados.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.