Tudo sobre【ESTRIAS BRANCAS】– Causas e como tratá-las!

Estrias brancas: como acabar com esse problema que afeta diversas pessoas? Quais são as causas? E a diferença para os outros tipos?

Quando as estrias chegam a esbranquiçar, é necessário recorrer a uma série de hábitos e tratamentos para atenuar seu aspecto, afinal, ninguém gosta de ficar com esses veios à mostra.

Mas, como fazer isso? Para se livrar do problema, é importante entender melhor as causas, técnicas de prevenção e os tratamentos mais populares. Leia nosso guia completo e informe-se. 

como tratar estrias brancas
Saiba tudo sobre estrias brancas neste guia completo!

O que são estrias?

Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, estrias são sulcos ou veios que surgem na pele devido ao rompimento das fibras de elastina e colágeno. Essas fibras sustentam e dão firmeza à pele. Porém, quando rompem, viram cicatrizes e, com o tempo, mudam sua coloração.

As estrias surgem diferentes partes do corpo: nádegas, quadril, costas, barriga, coxas e seios. No início, são lineares e discretas. Depois, ficam grandes e aparentes – vermelhas, roxas ou brancas – o último estágio.

Embora atinjam frequentemente as mulheres, também são comuns nos homens, principalmente nos adolescentes e na região das costas.

Quais as principais causas?

A distensão excessiva da derme causa uma inflamação e depois a um rompimento das fibras elásticas e colágenas. Especialistas apontam alguns fatores que levam a essa situação:

  1. Crescimento rápido – na fase da puberdade, os adolescentes crescem bastante, principalmente os rapazes, levando a esse estiramento da pele;
  2. Exercícios físicos intensos e atividades frequentes de musculação;
  3. Colocação de expansores e próteses – como silicone nas mamas e no bumbum;
  4. Gravidez – o crescimento da barriga causa estrias na região da barriga e dos seios;
  5. Ganho rápido de peso e obesidade;
  6. Uso de medicamentos, como corticosteroides orais, injetáveis e tópicos.

Saiba mais sobre as causas das estrias em nosso post completo sobre o assunto. 

tratamentos contra estrias brancas
O problema atinge pessoas de várias idades em diversas situações 

Como prevenir e evitar as estrias?

Há várias maneiras de prevenir estrias:

  • Manter a pele saudável e hidratada, principalmente durante a gravidez;
  • Evitar o ganho rápido de peso;
  • Beber pelo menos dois litros de água diariamente;
  • Praticar exercícios físicos regularmente;
  • Ter uma boa alimentação, comendo frutas e vegetais que mantém a boa circulação do sangue;
  • Recorrer a massagens e uso de cremes preventivos, além do uso de suplementos que favorecem a produção de colágeno pelo corpo.
  • Buscar tratamentos e produtos para evitar estrias recomendados por um dermatologista.
estrias brancas
Uma rotina de bons hábitos ajuda a prevenir as temidas estrias

 Estrias brancas, roxas e vermelhas – Qual a diferença?

As estrias são classificadas em três tipos:

  • Estrias vermelhas

As estrias vermelhas ou rosadas são recentes e superficiais. São classificadas como a primeira fase do problema, na qual há o rompimento preliminar das fibras de elastina e colágeno.

Como o sangue ainda circula na área, esses sulcos podem ser atenuados e até eliminados com tratamentos – como massagens, uso de cremes e outros procedimentos pouco invasivos.

estrias vermelhas
De fato, as estrias vermelhas são mais fáceis de serem eliminadas
  • Estrias roxas

Com o processo de inflamação dos tecidos, as estrias adquirem uma coloração arroxeada. Nessa etapa, as estrias vão escurecendo e ficam mais aparentes.

Caso as estrias roxas não sejam tratadas, atingem o último grau. Esbranquecem e ficam difíceis de serem eliminadas.

estrias roxas
As estrias roxas atingem diversas áreas do corpo
  • Estrias brancas

Quando não há mais circulação no local, as estrias embranquecem. Ficam estreitas, profundas e largas, prejudicando o aspecto da pele e causando grande incômodo.

As estrias brancas são resultado do estiramento total da pele. Além disso, há redução da melanina (pigmentação) no local e atrofia das células, por isso surgem marcas com aspecto de cicatrizes.

Segundo especialistas, elas são praticamente impossíveis de serem eliminadas. No máximo, os tratamentos ajudam a atenuá-las e deixá-las mais claras. Os procedimentos costumam ser mais intensos e invasivos, como o uso de laser ou jato de plasma, por exemplo.

estrias brancas na pele
As estrias brancas prejudicam o aspecto da pele

Como tratar estrias brancas?

Quais tratamentos são indicados para camuflar estrias brancas?

Conforme salientamos, as estrias brancas não podem ser eliminadas totalmente. Todavia, alguns métodos trazem bons resultados e ajudam a atenuar seu aspecto, melhorando o visual da pele:

Laser

A técnica de laser é indicada para favorecer a circulação na área. As luzes fracionadas penetram na pele e melhoram a produção de colágeno e elastina. Após várias sessões, as estrias ficam menos estreitas e mais discretas, além de perder um pouco da cor esbranquiçada.

laser para estrias
A técnica a laser traz bons resultados, ainda mais quando aliada a outros procedimentos 

Jato de Plasma

Trata-se de uma injeção de gás ionizado diretamente nos tecidos afetados pelas estrias. A descarga gerada pelo plasma ajuda a pele a se regenerar, além de abrir os canais que melhoram a circulação do sangue e levam nutrientes ao local, renovando a pele.

O jato de plasma também é eficiente contra manchas, rugas e flacidez. Em estrias vermelhas, têm resultado rápido. Contra as brancas, demandam várias sessões até que fiquem camufladas.

Jato de Plasma em estria
A técnica do jato de plasma é bastante eficiente após várias sessões 

Subcisão

Esse método cirúrgico ambulatorial é feito a partir de uma agulha que penetra na derme até os tecidos mais profundos, para causar micro lesões e um processo inflamatório na área. Isso é importante para estimular a produção de colágeno a partir da regeneração da pele.

A recuperação do local acontece cerca de 30 dias após o procedimento e pode durar até 60 dias até a total formação do colágeno. De acordo com especialistas, até as estrias brancas mais largam mudam totalmente de aspecto, causando maior conforto estético. Se associado a outros tratamentos contínuos, a pele se mantém renovada e com poucos sinais desses incômodos veios.

subcisão para estrias
A subcisão é indicada para casos extremos de estrias brancas

Tatuagem

Uma técnica que está se popularizando entre muitas pessoas é a tatuagem para cobrir estrias. De fato, leva a bons resultados imediatos, ainda mais se a tinta é preta e o estilo sombreado. Os desenhos são feitos geralmente nas nádegas, no abdômen e na barriga.

tatuagem para estrias
Sem dúvidas, a tatuagem camufla qualquer tipo de estria

Embora sejam um grande problema para muitas pessoas, as estrias brancas podem ser camufladas com bons procedimentos e uma rotina de cuidados.

Siga as dicas do post e consulte um especialista regularmente. Um bom dermatologista analisará o problema e recomendará os melhores tratamentos.

Enfim, esperamos que tenha gostado do conteúdo. Deixe um comentário e compartilhe. Boa sorte e até mais.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.